O Nova Post tem como objetivo trazer um jornalismo de qualidade a partir das coberturas e análises nas áreas de tecnologia cotidiana (smartphones, televisores, etc.), games (jogos para computador, videogames, mobile e e-sports, englobando também o universo feminino) e internet das coisas.
d

The Point Newsletter

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error.

Follow Point

Escreva sua busca acima e pressione enter para buscar. Pressione Esc para cancelar.

Pokerstars VR traz experiência de jogar pôquer em realidade virtual

Pokerstars VR traz experiência de jogar pôquer em realidade virtual
O “PokerStars VR”, experiência de jogar pôquer ao vivo e online em realidade virtual, possibilitará as mais diversas reações e interações como em uma mesa real.

Finalmente alguém deu uma utilidade para os VRs que não seja tomar susto ou escalar montanha! Brincadeiras à parte, a PokerStars, maior site de pôquer online do mundo, está lançando o preview do software de realidade virtual para a modalidade. O “PokerStars VR” é um jogo social e imersivo, que dará aos jogadores – novos e experientes – a possibilidade de lidar com fichas e cartas como no mundo real. Com reações ao jogo, escolhendo roupas e adereços, bebidas, comidas e até mesmo conversando com outros jogadores em cenários exuberantes.

Ainda sem data de lançamento, o “PokerStars VR”, desenvolvido com pela Lucky VR (empresa focada em criar casinos em realidade virtual), possui controles de comandos de voz, transmissão integrada do Twitch, streaming de vídeo e integração de mídia social no Oculus Rift.

“PokerStars VR é uma oportunidade de usarmos esta incrível tecnologia para trazer algo totalmente único aos jogadores de pôquer”, disse Severin Rasset, Diretor de Inovação e Operações da PokerStars. “Pôquer é interação e reúne pessoas há mais de um século. Estamos muito animados para investir na próxima geração do jogo e dar aos jogadores a oportunidade de conhecer uma nova dimensão de realidade virtual”, completou.

A plataforma permite que jogadores de todo o mundo se reúnam em uma sala de jogos virtual, onde os avatares não apenas interagem ao redor do jogo, mas podem se vestir para impressionar, socializar e conversar como se estivessem no mesmo ambiente. Eles podem fazer isso, por exemplo, enquanto fumam charutos, pedem comida e bebidas, compartilham sushis, jogam itens uns nos outros, ou até mesmo, podem ter um burro de estimação (sim, isso está na lista de desejos).

Oferecendo inicialmente a versão No-Limit Hold’em, o jogo multiplayer está em um beta fechado com cerca de cem convidados que jogam e testam, usando Oculus Rift, HTC Vive e Steam.

Designer e editor-chefe do Com limão. Como criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL e VEJA.