O Nova Post tem como objetivo trazer um jornalismo de qualidade a partir das coberturas e análises nas áreas de tecnologia cotidiana (smartphones, televisores, etc.), games (jogos para computador, videogames, mobile e e-sports, englobando também o universo feminino) e internet das coisas.
d

The Point Newsletter

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error.

Follow Point

Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

Facebook tem dados de 29 milhões de usuários hackeados

Invasores tiveram acesso a dados de contato, informações pessoais e de localização de usuários do Facebook.

OFacebook informou nesta sexta-feira (12) que 29 milhões de contas da rede social tiveram dados expostas a hackers em uma falha da empresa descoberta em setembro. A empresa divulgou uma página para dizer se você foi afetado ou não pelo vazamento de dados pessoais.

Veja aqui se você foi afetado. Ao rolar a tela, uma caixa azul vai informar se os seus dados ficaram expostos a hackers e em que nível. O site ainda não tem uma versão em português, mas você pode usar o tradutor automático, caso não entenda.

O Facebook informou que no dia 28 de setembro, os hackers haviam roubado códigos de acesso digital, possibilitando o acesso de 50 milhões de contas de usuários, porém na época não confirmada, se as informações haviam sido hackeadas.

No comunicado, a empresa disse que, em 15 milhões de contas, os invasores tiveram acesso a detalhes pessoais, como número de telefone e e-mail dos usuários, dependendo do que cada pessoa havia informado em sua conta na rede social. Já em outras 14 milhões de contas, os hackers puderam acessas outras informações, incluindo nome de usuário, gênero, status de relacionamento, religião, data de nascimento, religião, localidade/idioma, educação, trabalho, dispositivos usados para acessar o Facebook e os últimos 10 locais que o usuário esteve ou que foi marcado. O comunicado pode ser visto aqui.

Como saber se fui hackeado?

O Facebook informou que seus usuários podem saber se tiveram as informações acessadas pelo Central de Ajuda. Mesmo assim, em seu comunicado, a empresa vai enviar 30 milhões de mensagens personalizadas para cada usuário afetado pelo problema, com informações sobre o ocorrido e os dados visualizados, além de orientações de como se proteger. Abaixo o print de uma mensagem que aparecerá, caso sua conta não tenha sido hackeada.

Jornalista formado pela Universidade Mogi das Cruzes, trabalha há 6 anos no mercado de tecnologia. Atualmente é PR no Grupo ZAP.