O Nova Post tem como objetivo trazer um jornalismo de qualidade a partir das coberturas e análises nas áreas de tecnologia cotidiana (smartphones, televisores, etc.), games (jogos para computador, videogames, mobile e e-sports, englobando também o universo feminino) e internet das coisas.
d

The Point Newsletter

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error.

Follow Point

Escreva sua busca acima e pressione enter para buscar. Pressione Esc para cancelar.
  /  Análises   /  Capa transparente para iPhone XR/11: vale a pena?

Capa transparente para iPhone XR/11: vale a pena?

Capa-transparente-iphone-xr-11-nova-post
Quer saber se vale a pena comprar uma das cases mais discretas da Apple? Confira o nosso teste da capa transparente para iPhone XR, 11 e 11 Pro.

Foi com o iPhone XR que a Apple lançou a capa transparente ou clear case. O motivo: mostrar as diferentes versões do modelo de celular mais colorido da Apple. O que surpreendeu no evento de 10 de setembro deste ano foi a empresa lançar a mesma case para todos os modelos de 2019: iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max e que, dependendo de como as capinha de couro, silicone ou folio vão ficar nos novos celulares, é provável que a melhor solução seja a capa transparente mesmo.

No entanto, a primeira grande dúvida é: vale a pena gastar R$ 349 em um case… transparente? E o questionamento é válido, porque assim como eu, você já deve ter comprado uma dessas por no máximo R$ 30 e ela amarelou em menos de um mês, ou era muito mole, ou os botões ficavam meio duros ou tudo isso junto. Bem, nos últimos cinco meses eu uso no iPhone XR a capa transparente, cedida pela Apple, e conto o que você precisa saber antes de fazer esse investimento. Veja também:

A importância da case

Confesso que eu nunca liguei para película no celular, mas nunca deixei de colocar uma capinha nele. Só que é preciso ter cuidado ao comprar uma falsificada – e isso me faz lembrar de um iPhone 5 que teve o botão de força quebrado, porque era preciso fazer mais força do que o normal por causa de um “bumper” não original. Moral da história: melhor gastar mais dinheiro e ter o iPhone protegido do que derrubá-lo ou quebrá-lo com algo que não deveria estar nele.

Até que veio o iPhone XR e me bateu uma grande dúvida: deveria eu gastar R$ 349 em um capa transparente? E voltamos, portanto, ao dilema do começo do texto: não é caro demais? De fato é. Mas de novembro até abril, o que o celular não tinha de riscos na parte de trás, ele ganhou na parte da frente – abrasões de tirar e colocar no bolso, acredite ou não – e por ele ser colorido, tinha entendido que o ideal é que ele ficasse à mostra.

De abril até então, com a capa transparente, eu não percebi novos riscos. Além de proteger o iPhone de diversas quedas acidentais ela também dá um “a mais” para o aparelho.

A capa transparente da Apple é tão diferente assim?

Se eu te convenci que é importante ter uma case sempre, o segundo ponto é: de todas as que existem no varejo, eu tenho que escolher a da própria empresa que já me vendeu o iPhone? Bem, não. Mas eles que fizeram o celular, então talvez sim.

A clear case não é meio emborrachada e nem toda mole. De acordo com o site da Apple, é uma combinação de policarbonato transparente e poliuretano termoplástico flexível, que eu traduzo da seguinte maneira: ela é bem resistente nas laterais, firme na parte traseira e preserva o visual do aparelho.

Tirar e colocar a capa também é um meio parto. Para tirar, eu pressiono as bordas de baixo para depois puxar pela parte de cima. Em cinco meses de uso, eu sempre acho que vou quebrar a case em dois, mas isso ainda não aconteceu. O teste de resistência segue ok.

Para colocar, eu começo pela parte de cima. Acostume-se, você vai pelo menos fazer um print ou chamar a Siri sem querer toda vez que fizer esse processo. De maneira geral, a case vai proteger o “salto” que a câmera principal tem, deixar o iPhone firme em superfícies planas e vai prevenir de ser completamente destruído se cair no chão.

Ela amarela? Risca? Como é que é?

Parece que todas as abrasões que o iPhone deixou de ter foram transferidas para a capa transparente. Não há nenhum risco realmente que você olhe e fale “nossa, a case está destruída”, mas dependendo de como ela bate no sol – ou se você tira, como na foto acima – sim, ela tem várias abrasões.

Em relação ao amarelado, eu consigo perceber levemente que próximo dos botões, ela está um pouquinho, mas quando eu tiro a case, não é possível perceber isso.

De maneira geral, ela segue a mesma na falta de cor desde o dia 1, o que é ótimo. Já ouvi relatos que próximo do primeiro ano de uso, ela pode amarelar um pouco mais, mas ainda não cheguei tão longe. Por outro lado, vale lembrar que a case de silicone acaba ficando com marcas de dedo ao longo de muitos meses de uso – fora as batidinhas nas laterais – e as cases de couro da empresa escurecem.

Como sempre, nada é perfeito, mas pode ajudar a proteger o seu celular e dar uma sobrevida para ele – vale lembrar que os custos de arrumar iPhones quebrados são bem altos. Abaixo, mais algumas imagens da case; vai que a sua próxima também é a cor do seu iPhone.

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, é editor de internet do Jornal da Globo e escreve sobre tecnologia e games.