O Nova Post tem como objetivo trazer um jornalismo de qualidade a partir das coberturas e análises nas áreas de tecnologia cotidiana (smartphones, televisores, etc.), games (jogos para computador, videogames, mobile e e-sports, englobando também o universo feminino) e internet das coisas.
d

The Point Newsletter

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error.

Follow Point

Escreva sua busca acima e pressione enter para buscar. Pressione Esc para cancelar.
  /  Tendências   /  Microsoft lança plataforma WE para fomentar empreendedorismo feminino

Microsoft lança plataforma WE para fomentar empreendedorismo feminino

microsoft-women-Entrepreneurshipwe-nova-post
A plataforma Women Entrepreneurship (WE) fará aportes de até R$ 5 milhões em negócios liderados por mulheres.

AMicrosoft Participações junto do Sebrae Nacional, Bertha Capital e Belvedere Investimentos lançaram duas parcerias na manhã desta sexta-feira (22), em São Paulo, com o objetivo de fomentar a educação e o empreendedorismo feminino. A plataforma Women Entrepreneurship (WE) junta o Fundo de Investimento em Participações de Capital Semente e o Portal WE.

As ações vão incluir projetos de todas as regiões do Brasil para oferecer capacitação técnica e de negócios, junto com o investimento, para projetos liderados por mulheres.

De acordo com a pesquisa do Distrito 100 Super Founders, apenas 2% das startups de base tecnológica no Brasil são lideradas por mulheres. O Fundo WE tem o objetivo de captar R$ 100 milhões em até cinco anos e já nasce com R$ 50 milhões em caixa. Os aportes nas startups irão de R$ 500 mil a R$ 5 milhões.

Além dos investimentos, o Portal WE é um programa de desenvolvimento de startups que vai trazer capacitações de negócios, tecnologias digitais e mentoria técnica. Essa parte, em parceria com o Sebrae, traz um time multidisciplinar com especialistas em conteúdo de negócios, marketing, administração, finanças e gestão para ministrar cursos.

Segundo pesquisa do Sebrae sobre empreendedorismo feminino, o Brasil tem a sétima maior proporção de mulheres entre os chamados “Empreendedores Iniciais”, que são empreendimentos com menos de 42 meses de existência. Com a mentoria oferecida pelo WE, a Microsoft Participações, em parceria com as outras empresas, espera ajudar as startups lideradas por mulheres a passar da fase do “vale da morte” com aporte financeiro e estrutural.

Para saber mais sobre a plataforma, acesse o site We Ventures aqui.

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, é editor de internet do Jornal da Globo e escreve sobre tecnologia e games.