O Nova Post tem como objetivo trazer um jornalismo de qualidade a partir das coberturas e análises nas áreas de tecnologia cotidiana (smartphones, televisores, etc.), games (jogos para computador, videogames, mobile e e-sports, englobando também o universo feminino) e internet das coisas.
d

The Point Newsletter

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error.

Follow Point

Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

TCL P65: Um modelo justo para quem busca “smart tv”

TCL P65: Um modelo justo para quem busca "smart tv"
Confira o review da TCL P65, modelo 50” (50P65US), modelo de entrada da marca chinesa com ótimo custo-benefício para quem busca uma smart tv.

Impulsionado pelos aplicativos de vídeo on-demand, os televisores 4K tem se tornado algo comum nas casas brasileiras. Passado a ansiedade do Black Friday, quem vai comprar uma televisão neste momento precisa pesquisar bastante. E a causa disso não é só a busca, mas as infinitas possibilidades que existem em um modelo smart tv. No texto de hoje, vamos contar o que achamos da TCL P65, modelo 50” (50P65US), um modelo que custa por volta de R$ 2.100,00. Confira abaixo!

Design: Uma mistura elegante de metal e plástico

Você pode não saber, mas algumas marcas de televisão dividem suas linhas por “plástico ou metal”. Quando o modelo é top de linha, o acabamento é em metal. Já quando é de entrada (as mais baratas), os itens costumam ser de plástico. Na TCL P65, a multinacional chinesa fez uma mistura de elementos e foi uma escolha certeira. Apesar das bordas serem bem finas, alguns detalhes em metal (contrastando com o plástico preto) são pequenos refinamentos que compõe o visual da televisão – e da sua sala.

Outra coisa que, particularmente, gosto bastante são os pés próximos da extremidade. Apesar de exigir uma base maior, sinto que modelos com 50” ou mais precisam de bases mais espaçadas para manter o equilíbrio (não apenas visual, mas de peso). Modelos que possuem sua base central costumam balançar bastante e dão a impressão que vão cair.

Áudio e Imagem: É isso que buscamos em uma televisão!

A P65 é um modelo com bom custo-benefício. O que quero dizer com isso? A tela LED não é algo excepcional, mas se justifica pelo preço. Isso não quer dizer que é ruim, você só não vai encontrar o contraste de imagem de uma top de linha. Além disso, a resolução 4K (3840 x 2160 px) e a presença da tecnologia HDR fazem com que o modelo seja uma boa escolha para a sala. Quando o assunto é Netflix (ou GloboPlay), o HDR e o 4K fazem as imagens ficarem bem brilhantes e com boa intensidade de cor.

Já no quesito áudio, a P65 foi melhor do que esperava. Com sistema Dolby Audio, o modelo tem um volume bem agradável, mas tem suas limitações. Lembrando que estamos falando de um produto “mais em conta”, então o ideal seria ligar a P65 em um home theater. Vale falar que, apesar do modelo disponibilizar vários ajustes, não senti diferença no áudio quando alterei eles.

Controle remoto e Conectividade: Netflix, Globoplay, etc…

O controle remoto da TCL P65 tem dois botões que se sobressaem: Netflix e Globoplay. São dois botões de acesso rápido aos aplicativos e que estão posicionados estrategicamente no controle (diga-se de passagem, bem grande, fino e comprido). Além disso, a conexão no wi-fi é fácil e rápido, o que ajuda bastante no uso da smart tv.

Quando o assunto é conectividade, a P65 não fica atrás de nenhum modelo concorrente. São 3 entradas HDMI, 1 cabo coaxial, 2 USB, 1 porta LAN (caso você não queira usar o wi-fi), saída P2 e saída óptica de áudio digital SPDIF. É coisa pra caramba! Aliás, a P65 grava programas da TV digital aberta em HD externo ou pen drive.

Uma smart pouco inteligente: Sistema operacional e aplicativos

Apesar dos botões Netflix e Globoplay estarem no controle, o acervo de aplicativos não vai muito longe disso. Dentro da área de aplicativos é possível encontrar coisas como SBT, PlayKids e (os moribundos) Looke e Crackle. Poxa, TCL, cadê o (Amazon) Prime Video!? Além disso, muito conteúdo presente na área smart estão em outros idiomas (vide “Desportos” e outras pérolas). Sem contar que a app store da televisão é mega limitado e mostra muitos aplicativos em outros idiomas, entre eles, alguns de regiões asiáticas. Esse, com certeza, é o grande ponto fraco da P65.

Conclusão: TCL P65 é um modelo justo

A P65 não é uma das melhores soluções do mercado, mas também não é a pior. Se colocarmos na conta o preço deste modelo, a P65 é uma boa alternativa para quem não quer gastar muito e não faz questão de uma smart tv completa. Suas diversas conexões traseiras e o belo acabamento faz da P65 um modelo mediano e com bom custo-benefício. Ela é o que podemos chamar de uma alternativa “justa”. Entrega o que promete, mas sem muitas surpresas.

Designer e editor-chefe do Com limão. Como criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL e VEJA.