Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post
Apple TV 4K (2022)

Análise

Análise: Apple TV 4K (2022), à prova do futuro

A partir de R$ 1.499, a Apple TV 4K (2022) é mais barata, traz o dobro de armazenamento que a geração anterior e um processador potente.

Em outubro de 2022, a Apple apresentou a nova Apple TV 4K. Em sua terceira geração, a empresa aposta em um set-top box com processador mais potente, suporte ao HDR10+ e preço mais competitivo.

Rodando o tvOS 16, a Apple TV 4K (2022) chega em um momento em que as smart TVs estão consolidadas no mercado brasileiro, assim como as televisões com resolução 4K. Nesta análise, o Nova Post conta como este produto pode melhorar a experiência audiovisual do usuário, além de ser um hub para séries, filmes, esportes, exercícios, jogos e músicas e trazer uma navegação parecida com o que as pessoas já estão acostumadas no iPhone.

O modelo usado para esta análise é o de 128GB (Wi-Fi + Ethernet) cedido pela assessoria da Apple. Abaixo, tudo o que você precisa saber sobre este produto.

Design clássico com algumas mudanças na Apple TV 4K (2022)

Há anos, a Apple TV segue um padrão muito parecido de design: uma caixa preta com a entrada de força, suporte ao HDMI e, vez ou outra, com uma conexão Ethernet para internet cabeada. Digo isso porque o novo modelo de 64GB não conta com a porta Ethernet, sendo apenas Wi-Fi, enquanto a versão de 128GB não só traz essa porta, como também inaugura suporte à tecnologia Thread tornando-o o verdadeiro hub da casa conectada.

Comparado à primeira geração da Apple TV 4K de 2017, o que muda é o novo Siri Remote que deixou de ser todo preto com um acabamento em vidro para adotar um corpo mais robusto de alumínio e borracha com botões que lembram a click wheel do iPod clássico e um botão lateral de fácil acesso para chamar a Siri.

Vale notar que esta mudança já estava presente no modelo de 2021, a diferença é que a Apple atualizou a porta de carregamento dele do Lighting para USB-C.

De maneira geral, a Apple TV 4K (2022) é um produto discreto, que se mistura bem em qualquer ambiente e o controle é robusto o suficiente para não se perder no sofá. Mesmo assim, não teria sido nada mau se a empresa tivesse colocado o chip U1 nele, que te ajudaria a localizar exatamente onde está o controle, assim como é possível descobrir a localização exata de uma AirTag ou iPhone 12 ou superior.

Processador à prova do tempo

Se você é um usuário hardcore da Apple, existem dois motivos que fazem a Apple TV 4K (2022) uma compra certeira. Um deles é o novo processador A15 Bionic que traz uma performance 50% mais rápida que a geração anterior para uma navegação mais veloz e também um desempenho gráfico 30% melhor para jogos. O chip disponível na nova Apple TV é da mesma geração do iPad mini 6 e do iPhone 13, porém com um núcleo a menos.

Como um usuário da primeira geração da Apple TV 4K, vale dizer que até hoje o produto continua recebendo atualizações e rodando tão bem quanto no primeiro dia. Portanto, se o processador A10X de 2017 ainda roda bem em 2023, imagina como um chip de 2021 não se comportará pelos anos a vir?

Enquanto a maioria das TVs começam a travar bem antes de completarem cinco anos de vida, o sistema tvOS com os chips próprios da Apple tornam o set-top box da empresa uma compra à prova do tempo, garantindo que a sua televisão sempre vai ter os principais apps de streaming – além de outras funções inteligentes – disponíveis.

Apple TV 4K (2022) pronta para as últimas tecnologias de imagem e som

Apple TV 4K 2022

Ainda falando do processador A15 Bionic, ele é responsável por trazer suporte às últimas tecnologias de imagem e áudio. A nova Apple TV 4K (2022) traz suporte ao HDR10+ e Dolby Vision (imagem) e Dolby Atmos, Dolby Digital 7.1 e Dolby Digital 5.1 para experiências imersivas de áudio.

É importante notar que o seu televisor também precisa ter compatibilidade com essas funções. Afinal, se a TV não for 4K, não tiver suporte ao HDR10+, Dolby Vision ou às outras tecnologias de áudio, a Apple TV não consegue espelhar uma tecnologia inexistente.

Dito isso, se você tem uma TV compatível, é possível aproveitar séries, documentários e filmes com os melhores padrões disponíveis no mercado – seja pelos diversos serviços de streaming ou através do catálogo da iTunes Store.

tvOS é como ter o sistema do iPhone na TV da sala

Agora falando de software, o outro motivo que torna a Apple TV 4K (2022) um produto indispensável para a experiência audiovisual do usuário é o tvOS. O sistema operacional do set-top box é de fácil entendimento com um visual similar aos demais softwares da Apple. Logo ao acessar o seu ID na Apple TV, você terá todos os aplicativos do seu iPhone compatíveis com o tvOS baixados, como Netflix, Amazon Prime, GloboPlay, etc.

Comparado ao Tizen da Samsung, webOS da LG, Fire Stick da Amazon ou Android TV, nenhum televisor inteligente ou set-top box tem a quantidade de aplicativos disponíveis iguais da Apple TV. Com isso, o usuário não só tem acesso a todos os serviços de streaming, como a algumas outras exclusividades da Apple TV, como o Apple Fitness+, o app de Fotos do iPhone e o Apple Arcade.

Além desses apps, o usuário também tem acesso facilitado à iTunes Store através do TV app, acesso ao Apple TV+ e Apple Music. Outras comodidades incluem o AirPlay, que permite espelhar a tela do iPhone na TV, e transformar a Apple TV no hub da casa inteligente ao conectar dispositivos que trazem suporte ao HomeKit ou ao padrão Matter.

Os serviços da Apple são a cereja do bolo da Apple TV

Apesar da Apple ter expandido diversos dos seus serviços para outras smart TVs, o que torna a Apple TV tão especial são as experiências que a empresa traz para os usuários através do Apple TV+, Apple Music, Apple Fitness+ e Apple Arcade.

Todos esses serviços estão disponíveis como assinaturas individuais ou através do Apple One, que você pode saber mais sobre ele aqui. Com esses serviços, você pode aproveitar um catálogo gigante de músicas, séries e filmes premiados internacionalmente, exercícios de ponta para a sua saúde ou até jogos para passar tempo.

Abaixo, um breve resumo do que o usuário ganha com uma assinatura do Apple One:

  • Apple Music: Com um catálogo de mais de 100 milhões de músicas, o usuário tem acesso a canções em Dolby Atmos e Lossless, letras em tempo-real e, com essa Apple TV, a uma experiência de karaokê chamada de Apple Music Sing;
  • Apple TV+: Conta com um catálogo premiado de conteúdos originais além de acesso aos jogos da Liga de Basquete Nacional dos Estados Unidos. Com uma assinatura a parte, é possível acompanhar a Liga Nacional de Futebol que começa no final do mês de fevereiro;
  • Apple Fitness+: Traz uma biblioteca com centenas de atividades físicas que você pode fazer com ou sem o Apple Watch. Com 12 modalidades diferentes mais meditação, é possível transformar a sua casa em academia – ou mesmo ir para a academia, mas utilizar o serviço para melhorar os seus exercícios com a ajuda do iPhone.
  • Apple Arcade: Jogos sem anúncios e sem precisar pagar extra para aproveitá-los. Dito isso, é um pouco mais complicado jogar na Apple TV 4K (2022) já que é preciso do controle do modelo de 2017 ou um controle de videogame, como do Xbox ou do PlayStation.

O papel da Apple TV 4K (2022) na era smart

Apple TV 4K + HomePod 2

Em 2018, escrevi a análise da primeira geração da Apple TV 4K e como ela trazia uma solução “para deixar a sua televisão inteligente e ainda tornar a sua experiência com conteúdos audiovisuais mais prática.”

Cinco anos depois, apesar do mercado de smart TVs no Brasil ter mudado bastante com telas maiores, televisores mais inteligentes e crescimento da adoção do 4K, a Apple TV não deixou de ter um papel importante para aqueles que queiram ter a melhor experiência audiovisual combinada com o que há de melhor nos produtos da Apple.

Daquela época para cá, acabei trocando de TV três vezes e a única constância foi o modelo de 2017 da Apple TV que continuou me acompanhando. Enquanto via o set-top box rodando liso nas TVs Samsung, eu não podia dizer o mesmo do Tizen junto do processador das outras telas, que ora demoravam para conectar no Wi-Fi, ora travavam para abrir um aplicativo de streaming.

Para mim, o papel da Apple TV 4K, seja aquela lançada em 2017, a atualização de 2021 ou o modelo atual de 2022, é tornar o seu televisor em um produto à prova do futuro. Ou seja, se as tecnologias de imagem e som dele forem boas, a Apple TV fará a parte inteligente da TV durar mais.

Considerações finais

Siri Remote 2022

Dito isso, tem apenas um ponto inexplorado da Apple TV 4K (2022) nesta análise: o potencial como hub da casa conectada. O primeiro impeditivo é a pouca oferta de acessórios com suporte ao HomeKit da Apple. Por outro lado, o suporte ao Matter torna este produto mais aberto a outros dispositivos no futuro.

Com a chegada desse novo padrão no fim do ano passado, mais empresas começarão a lançar ou atualizar produtos que funcionem em qualquer hub, seja com a Apple TV, a Alexa com o Amazon Echo ou o Google Assistente.

Enquanto essa tendência de casa conectada já é bastante madura nos Estados Unidos, no Brasil ainda caminhamos, portanto não é possível avaliar essa parte importantíssima que a Apple TV 4K (2022) já traz.

O set-top box de entrada, com 64GB (o dobro da geração anterior), começa em R$ 1.499. A versão com 128GB (a primeira vez queu ma Apple TV conta com tanto armazenamento) é R$ 200 mais caro e traz suporte a porta Ethernet para conexão cabeada à internet. É possível comprá-la no site da Apple.

Leia também:

Tecnologia

Sul-coreana expande portfólio de telonas e imagens de ultra qualidade com as novas Samsung AI TVs com opções de miniLED e OLED.

Apple

Com o agravamento das enchentes no Rio Grande do Sul, o CEO da Apple, Tim Cook, anunciou que a empresa vai fazer uma doação...

Apple

A Apple deve apresentar durante a WWDC 2024 as novidades dos seus futuros sistemas operacionais – iOS 18, iPadOS 18, macOS 15, watchOS 11,...

Apple

O iPad Pro M4 traz ainda mais novidades do que aquelas anunciadas pela Apple. Confira outros recursos e segredos deste tablet.