Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post
Beats Studio Pro

Apple

Beats Studio Pro começa a ser vendido no Brasil, confira primeiras impressões

Custando R$ 2.999, o Beats Studio Pro comemora 15 anos da marca Beats Studio. Confira as principais novidades e nossas primeiras impressões.

Pouco mais de um mês após seu lançamento internacional, o Beats Studio Pro está disponível para compra no Brasil. O mais novo headphone da Beats traz suporte à transmissão de áudio em lossless, um codec que garante mais detalhes ao ouvir música, além de perfis de som e outras novidades.

O Beats Studio Pro conta com um design parecido com outros modelos Beats Studio, porém ele traz as novas almofadas para orelhas chamadas de UltraPlush, prometendo conforto único e revestimento de couro. Ela conta com memória de uso para ficar sempre ajustada ao seu ouvido.

O headphone conta com dobradiças de metal e uma haste de silicone para garantir tranquilidade em longos períodos de uso. Dito isso, é importante reforçar que não há muito espaço entre a almofada e os falantes, então é possível sentir o ouvido praticamente encostando nos speakers, algo que não acontece com o AirPods Max.

Comparado com o headphone premium da Apple, o Beats Studio Pro também traz Cancelamento Ativo de Ruído. Graças aos seis microfones disponíveis no produto, não só ele consegue identificar em tempo real os barulhos externos, como pode facilitar que você os escute com o Modo Ambiente. Ou seja, é possível se isolar completamente em música ou ficar atento aos arredores – depende do que você quiser.

Com drivers de 40mm, suporte ao áudio espacial e rastreio de cabeça para Dolby Atmos, o Beats Studio Pro deve te fazer sentir dentro do estúdio ao ouvir uma música ou em uma cena de filme – assim como o AirPods Max.

Agora, o que torna este headphone único é o suporte ao lossless, uma qualidade superior na hora de fazer o streaming de uma música. Isso é feito através de um cabo USB-C para USB-C. Além disso, usuários podem ouvir música usando um cabo com saída padrão para fone de ouvido – acessórios que o AirPods Max não oferece ao comprar o produto.

Inclusive, ao conectar o headphone por USB-C, a Beats oferece três perfis de som: o padrão da Beats com o grave mais presente, um para assistir séries e jogar jogos e outro para ligações ou ouvir podcasts, que deixa o som da voz mais presente.

Ao todo, o Beats Studio Pro pode ser usado por até 40 horas fora da tomada e com a tecnologia Fast Fuel, apenas dez minutos de carga podem garantir mais quatro horas de uso ininterrupto.

Conectividade, primeiras impressões e preço

O Beats Studio Pro traz diversas funções de conectividade para usuários Apple e Android, como um toque para parear, sincronização com todos os dispositivos, o uso do “E aí, Siri”, suporte ao app Buscar, além de receber atualizações pelo Wi-Fi.

De maneira geral, o Beats Studio Pro é bastante confortável de usar. Em relação à qualidade de som, a Beats ainda mantém o grave mais presente, apesar de não pecar nos agudos e médios – o som é bastante balanceado. Em meus testes ouvindo músicas em lossless, não consegui perceber diferença entre as canções ou ao comparar com uma transmissão wireless com o AirPods Max. Portanto, não diria que esta é a função que deveria te fazer comprar este headphone.

Uma coisa que não gostei muito são os perfis de som, que funcionam apenas quando o fone está conectado por cabo USB-C e é preciso olhar as cores dos LEDs dele para entender qual é o perfil sendo utilizado.

Além disso, apesar do fone ser considerado por muitos um “competidor” do AirPods Max, ele não traz os mesmos materiais premium e nem todas as funções exclusivas do chip H1 disponível nos AirPods. Por exemplo, os botões do Beats são mecânicos e barulhentos, enquanto a Apple aposta na Coroa Digital para os controles de volume do AirPods Max, o que torna a experiência muito mais agradável. Também é importante notar a grande diferença de preço entre ambos os produtos.

Nos Brasil, o Beats Studio Pro custa R$ 2.999 e já pode ser encomendado pelo site da Apple em Preto, Azul Escuro, Marrom Escuro e Areia. Nos Estados Unidos, ele está disponível por US$ 350.

Veja também:

Leia também:

Tecnologia

Sul-coreana expande portfólio de telonas e imagens de ultra qualidade com as novas Samsung AI TVs com opções de miniLED e OLED.

Apple

Com o agravamento das enchentes no Rio Grande do Sul, o CEO da Apple, Tim Cook, anunciou que a empresa vai fazer uma doação...

Apple

A Apple deve apresentar durante a WWDC 2024 as novidades dos seus futuros sistemas operacionais – iOS 18, iPadOS 18, macOS 15, watchOS 11,...

Apple

O iPad Pro M4 traz ainda mais novidades do que aquelas anunciadas pela Apple. Confira outros recursos e segredos deste tablet.