Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post
Pixelmator Pro e Darkroom ganham atualizações imagem de destaque

Tecnologia

Editores de foto Pixelmator Pro e Darkroom anunciam grandes atualizações; modelos de negócio divergem

Editores de fotos consagrados do ecossistema Apple estão repletos de novidades; conheça os novos recursos do Pixelmator Pro e do Darkroom.

Dois dos mais conhecidos editores de foto do ecossistema Apple acabaram de apresentar grandes novidades. De um lado, a versão 2.4 do Pixelmator Pro, para Macs, passa a oferecer ajustes de cor e camadas de efeitos, enquanto o Darkroom 6, um dos melhores para iPhone e iPad, aposta em novas máscaras inteligentes.

Além dos novos recursos e melhorias, outra novidade importante para os usuários de ambos é o formato de aquisição em cada um. No caso do Pixelmator Pro, ainda é possível comprá-lo por R$ 224,90 na App Store. Por sua vez, o Darkroom 6 pode custar entre R$ 29,90 e R$ 147,90, nos planos mensal e anual, ou, ainda, R$ 429,90 na licença vitalícia.

Se você está se perguntando o que faria alguém comprar softwares tão caros, sobretudo no caso do Dakroom 6, é importante salientar as qualidades desses dois.

Na versão 2.4, o Pixelmator Pro traz 200 novas formas vetoriais, feitas para compor os seus trabalhos de design ou fotografia. Adicionalmente, ele ainda agrega suporte ao novíssimo M1 Ultra, mas o destaque mesmo está para as novas funções de camadas.

(Imagem: Pixelmator)

Feito para o Mac, Pixelmator Pro aposta em novas formas vetoriais e funções para ajuste de cor e camadas

Segundo a Pixelmator, o recurso torna muito mais fácil fazer edições localizadas nas imagens, adicionando efeitos e ajustes de cores sem, necessariamente, ter de alterar todo o conteúdo. No workflow de um fotógrafo ou designer, por exemplo, esse tipo de recurso pode ser a diferença entre conseguir ou não produzir um certo tipo de imagem.

Já no caso do Darkroom 6, as principais novidades estão relacionadas à inteligência artificial de máscaras do aplicativo. Traduzindo em termos práticos, o app é capaz de compreender os diferentes planos e elementos da imagem, separando, por exemplo, o objeto principal do cenário e de diversos outros componentes da foto.

A partir daí, o usuário também tem muito mais controle sobre os ajustes a serem feitos. Segundo os desenvolvedores, o software é capaz de identificar pessoas, texturas, cabelos e até superfícies transparentes como vidro.

(Imagem: Darkroom)

Darkroom 6 é um poderoso editor de imagens para iOS com capacidades inteligentes, incluindo o reconhecimento de múltiplos planos.

Além disso, no caso de e recursos fotográficos específicos, como o Modo Retrato e as capturas em Apple ProRAW, o app oferece ainda mais funcionalidades. No primeiro, por exemplo, é possível selecionar máscaras específicas para a pele ou cabelo, removendo imperfeições ou aplicando efeitos localizados.

Em razão da profundidade da atualização e da quantidade de novos recursos, os desenvolvedores do Darkroom explicam que decidiram aumentar o valor cobrado em cada uma das modalidades: mensal, anual e compra única.

Apesar disso, vale ressaltar que boa parte das funções já é acessível na versão gratuita, incluindo os ajustes de planos específicos, como fundo e objeto. As máscaras inteligentes, entretanto, são parte do que a empresa chama de Darkroom+, que compreende a modalidade paga do aplicativo.

Leia também:

Análise

Veja como o Apple Fitness+ transformou um dos treinos mais chato da academia, a esteira, em uma das atividades mais proveitosas do meu dia.