Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post
Apple Anuncia Novas Funções De Acessibilidade No IPhone, Mac E Apple Watch

Apple

Apple anuncia novas funções de acessibilidade no iPhone, Mac e Apple Watch

Novos recursos de acessibilidade buscam ajudar quem tem dificuldades auditivas, visuais ou motoras; conheça as funções e como utilizá-las.

Em uma publicação no seu canal oficial de notícias, a Apple anunciou que está trabalhando em novas funções de acessibilidade no iPhone, Mac e Apple Watch. Com isso, em breve, pessoas com dificuldades auditivas, motoras ou de visão poderão utilizar seus dispositivos para tornar suas vidas mais fáceis.

Além disso, a operação dos aparelhos também ficará mais simples, graças aos novos recursos de assistência. Ainda segundo a Apple, as novidades são fruto da integração entre hardware, software e machine learning, e deverão ser liberadas para o público ainda neste ano.

Detecção de portas para a Lupa

detecção-de-portas-no-aplicativo-lupa
(Imagem: Apple)

O aplicativo Lupa é uma ótima ferramenta de acessibilidade no iPhone. Com ele, além de utilizar as câmeras do aparelho para aproximar a visão de um objeto, tal como se faz como uma Lupa de verdade, alguém com dificuldades para enxergar pode detectar pessoas numa multidão.

Em breve, de forma análoga, a Lupa também será capaz de informar quando há uma porta no campo de visão do usuário. Além disso, o aplicativo também exibirá algumas informações adicionais, tal como se a porta está fechada ou aberta, se é possível abri-la empurrando ou puxando, a distância que se está da porta e até mesmo o conteúdo de placas ao redor.

Para tudo isso, o recurso utilizará o sensor LiDAR presente em alguns modelos do iPhone Pro e do iPad Pro, razão pela qual só estará disponível nos dispositivos que o possuem.

Espelhamento do Apple Watch no iPhone

espelhamento-do-apple-watch-no-iphone
(Imagem: Apple)

Outra novidade anunciada é a possibilidade de espelhar a tela do Apple Watch no iPhone. Com isso, o usuário não só será capaz de visualizar o conteúdo exibido no relógio como também poderá controlá-lo inteiramente a partir do smartphone, inclusive a partir do Voice Control e do Switch Control, além de outras opções de entrada.

Adicionalmente, os gestos no Apple Watch ficarão ainda mais poderosos. Isso porque, no passado, a Apple já havia incrementado o Controle Assistivo do relógio, permitindo que o usuário apenas fechasse o punho, ou fizesse uma pinça com os dedos, para controlar certas ações no dispositivo.

(Imagem: Apple)

Em breve, porém, será possível atribuir ainda mais funções a esses dois gestos, como aceitar ou recusar chamadas, controlar a reprodução de mídias, tirar fotos, ignorar notificações e até pausar ou resumir um exercício.

Legendas em tempo real para o iPhone, iPad e Mac

(Imagem: Apple)

Novos recursos de acessibilidade no iPhone incluem legendas em tempo real. Recurso, porém, só estará disponível em inglês, ao menos inicialmente.

Além de assistências visuais e motoras, a Apple também anunciou novidades para quem tem dificuldades auditivas. Similar ao recurso que já existe há uns anos no Android, os sistemas da Maçã ganharão legendas em tempo real, compatíveis com “qualquer conteúdo de áudio”, incluindo chamadas de vídeo via FaceTime.

Naturalmente, as legendas poderão ter a fonte e o tamanho ajustados. E quando forem utilizadas em uma videochamada no FaceTime, o sistema será capaz de atribuir as falas de cada participante. Por fim, como se não bastasse, ao utilizar a mesma função no Mac, com as legendas em uma chamada do FaceTime, ainda será possível digitar uma resposta, que, em seguida, será lida em voz alta pelo sistema.

Segundo a Apple, as legendas em tempo real serão processadas no próprio aparelho, sem, portanto, que seja necessário ter rede para utilizar a função. A princípio, o recurso será disponibilizado apenas para o iPhone 11 ou posterior, bem como para os Macs com Apple Silicon ou, ainda, iPads com o chip A12 Bionic ou superior. Inicialmente, as legendas também estarão disponíveis apenas em inglês.

Novos idiomas para o leitor de tela (VoiceOver)

Dentre as novas funções de acessibilidade no iPhone, a Apple também está adicionando suporte para mais de 20 regiões e idiomas no VoiceOver. Com isso, o leitor de tela passa a ser compatível com o espanhol chileno, o francês da Bélgica, os idiomas árabe, ucraniano, malaio, vietnamita e uma série de outros.

No Mac, a empresa ainda ressalta que há um novo verificador de textos, capaz de detectar erros comuns de digitação, como espaços duplicados e maiúsculas posicionadas incorretamente, entre outros.

Outras novidades

Por fim, além desses recursos, a Apple também anunciou que trabalha em algumas novidades “menores”, por assim dizer. Um exemplo é o tempo de pausa da Siri, que permitirá ao usuário definir por quanto tempo a Siri deve esperar até responder uma pergunta, o que ajuda pessoas com dificuldades de fala, por exemplo.

Já no caso do Voice Control, será possível soletrar as palavras, bem como o reconhecimento de sons poderá ser customizado para sons específicos de um determinado ambiente do usuário, como o seu despertador, campainha ou eletrodomésticos. Com isso, ao identificar um desses sons, o recurso poderá dizer exatamente o que está ouvindo, auxiliando um usuário com dificuldades auditivas ou, até mesmo, com fones de ouvido.

Adicionalmente, a Apple também anunciou que trabalha num recurso chamado “Buddy Controller”, que permitirá que amigos, ou até mesmo um cuidador, auxiliem o usuário a jogar um determinado game, inclusive com mais de um controle.

Além disso, no tocante ao Apple Books, a empresa informa que deve oferecer novos temas, bem como mais opções de personalização e formatação para os textos dos livros, outra coisa que deve ajudar quem tem dificuldades com a visão ou leitura.

Relacionado:

Leia também:

Análise

Veja como o Apple Fitness+ transformou um dos treinos mais chato da academia, a esteira, em uma das atividades mais proveitosas do meu dia.