Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post

Apple

Apple lança rede do ‘Find My’ para desenvolvedores de terceiro

A Apple anuncia nesta quarta-feira (7) a rede ‘Find My’, de buscar o iPhone e outros produtos da empresa, para desenvolvedores de terceiro. Com isso, mais produtos poderão se integrar à plataforma e facilitar a vida do usuário que busca um gadget perdido.

O programa de criação de acessórios para o ‘Find My’ começa com três parceiros: a Belkin, a Chipolo e a VanMoof com produtos sendo lançados a partir da semana que vem.

Usando o já conhecido programa “Criado para o iPhone” (MFi, em inglês), o certificado “Works with Apple Find My” trará não apenas suporte à rede como também a permissão para as fabricantes de acessórios utilizarem a tecnologia de ultra alcance de banda do chip U1 da Apple para direcionar o usuário com mais precisão ao seu device perdido.

“Por mais de uma década os nossos consumidores usam o Find My para localizar os seus produtos da Apple perdidos ou roubados. Agora, nós trazemos todas essas funções para mais pessoas com o programa da rede de acessórios usando o Find My”, disse o VP mundial de marketing de produto da Apple Bob Borchers.

A VanMoof, por exemplo, incluirá as suas bicicletas elétricas S3 e X3 à rede, a Belkin adicionará os fones SOUNDFORM Freedom True Wireless Earbuds, enquanto a Chipolo incluirá os seus rastreadores ao ‘Find My’.

Essa novidade abre portas para a própria Apple continuar fazendo uso do chip U1, atualmente disponível no iPhone 11 ou superior, no Apple Watch Series 6 e no HomePod mini.

Com isso, no futuro, a empresa poderá incluir o chip U1 na sua linha de AirPods, iPads e até mesmo Macs. Entre outros benefícios do chip U1, ele prioriza transferências via AirDrop trazendo mais velocidade e também indica, com uma resposta tática, para onde o usuário está apontando (ao deixar um iPhone de frente para o outro ou ao aproximar um iPhone de um HomePod mini).

Para adicionar um acessório de terceiro à rede ‘Find My’ basta ter o iPhone ou iPod touch no iOS 14.3 ou mais recente, um iPad no iPadOS 14.3 ou mais recente ou um Mac no macOS Big Sur 11.1 ou mais recente.

Leia também:

Análise

Os novos iPhones da Apple estão mais poderosos do que nunca. Confira a análise do iPhone 13 Pro, um mês após a chegada dele...

Apple

Quer saber como aproveitar a câmera do seu iPhone 13 ou 13 Pro para fotos e vídeos? Esse tutorial te dá várias dicas e...