Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post
evento-apple-mac-studio-display-nova-post-2

Apple

Mac Studio e Studio Display levam experiência do macOS ao próximo nível

Novo Mac de Studio e Studio Display prometem revolucionar como usuários finais e profissionais trabalham e criam com o macOS.

Durante o evento “Uma Performance inédita” desta terça-feira (8), a Apple apresentou o novo Mac Studio acompanhado do Studio Display, um novo monitor da empresa para os fãs que esperavam por um display feito pela própria Apple, mas que não fosse tão caro quanto o Pro Display XDR.

Começando pelo Mac Studio, a torre é uma mistura de Mac mini com a potência do Mac Pro. Equipado ou com o processador M1 Max ou o recém-anunciado chip M1 Ultra, esse computador promete entregar uma performance inédita, além de contar com diversas portas de conectividade e um design compacto.

Feito em uma peça única de alumínio com 7,7 polegadas e 3,7 polegadas de altura, o computador pode entregar uma experiência superior até mesmo que o Mac Pro.

Confira o que o M1 Ultra é capaz de fazer neste dispositivo:

  • Performance de CPU até 3.8x mais rápido que o iMac de 27 polegadas com processador de dez núcleos;
  • Performance de CPU até 90% mais rápido do que o Mac Pro com processador Xeon de 16 núcleos;
  • Performance de CPU 60% mais rápida do que o Mac Pro com 28 núcleos;
  • Performance gráfica até 4.5 mais rápida do que o iMac de 27 polegadas e até 80% mais veloz que o cartão gráfico mais rápido disponível para Macs atualmente;
  • Até 12 vezes mais rápido que o iMac de 27 polegadas e 5.6x mais rápido que o Mac Pro de 28 núcleos enquanto transcodifica um vídeo.

O Mac Studio conta com quatro portas Thunderbolt 4, 10Gb Ethernet, duas portas USB-A, uma porta HDMI, uma entrada pro para fone de ouvido e também para cartão SD. Ele também conta com Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.0. O Mac Studio pode ter até 128GB de memória RAM e 8TB de armazenamento em SSD com o processador M1 Ultra.

Studio Display marca a volta da Apple aos monitores para usuários finais

Com uma tela 5K de 27 polegadas, o novo Studio Display traz um design em alumínio e que pode ser usado tanto na horizontal quanto na vertical. Com 600 nits de brilho, P3 wide color, True Tone e suporte a até um bilhão de cores, a Apple oferece uma versão com vidro nano-texture que evita que a luminosidade atrapalhe o usuário enquanto ele usa o monitor.

O Studio Display conta com o processador A13 Bionic para melhorar as experiências de áudio e vídeo. Com uma câmera Ultra Wide de 12MP, é a primeira vez que um monitor da Apple – ou iMac – traz suporte à função Palco Central.

O novo monitor também traz três microfones para chamadas de vídeo mais claras e seis alto-falantes de alta-fidelidade para entregar uma experiência de áudio única. Não apenas isso, como o Studio Display também traz as tecnologias de Dolby Atmos com Áudio Espacial.

Com três portas USB-C e uma porta Thunderbolt, é possível conectar e carregar o MacBook Pro de 14 polegadas em velocidade rápida. Inclusive, até três Studio Displays podem ser conectadas ao MacBook Pro, criando uma área de trabalho ainda mais poderosa.

Para completar, a Apple também traz opções em prata e preto do Magic Keyboard, Magic Trackpad e Magic Mouse vendidas separadamente.

Preço e disponibilidade do Mac Studio e do Studio Display

O Mac Studio começa em R$ 22.999 com chip M1 Max, 512GB de armazenamento interno em SSD e 32GB de RAM. Ele pode chegar a quase R$ 95.000 caso o usuário escolha o chip M1 Ultra, 128GB de RAM e 8TB de armazenamento interno. Ele ainda não tem previsão de ser lançado no Brasil.

Por sua vez, o Studio Display já pode ser comprado no Brasil. Ele chega junto com o produto nos Estados Unidos no dia 18 de março. O modelo com vidro convencional começa em R$ 17.999 enquanto o que conta com a tecnologia nano-texture começa em R$ 20.999. Tanto a base com ajuste de inclinação quanto o adaptador para montagem VEAS podem ser escolhidos sem custo adicional, enquanto a base com ajuste de inclinação e altura custa R$ 5.000 a mais.

Confira os produtos aqui.

Leia também:

Apple

The Miseducation of Lauryn Hill é considerado o maior álbum de todos os tempos pelos curadores do Apple Music. Confira o top 10.

Apple

Os novos iPads da Apple começam a partir de R$ 6.999. Confira as novidades do iPad Pro M4, iPad Air M2 e dos acessórios...