Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post
Apple Vision Pro

Apple

Apple Vision Pro vai chegar ao Brasil? Veja o que sabemos

Ainda sem muitos detalhes sobre a chegada do Apple Vision Pro nos EUA, é provável que os brasileiros só vejam uma 2ª geração do produto.

Esperado para chegar aos Estados Unidos no começo de 2024, o Apple Vision Pro, o primeiro computador espacial da empresa de Cupertino, não tem data de expansão para nenhum outro país por enquanto.

O mistério envolto neste produto é tão grande que, além da página oficial dos Estados Unidos, a Apple não menciona o Vision Pro em nenhum outro mercado. Apesar de ainda termos diversas perguntas sobre o óculos (quão configurável ele é, se há opções distintas de RAM e armazenamento, se ele conta com uma bateria interna e qual o preço máximo, por exemplo), apenas o tempo vai nos revelar mais detalhes.

Por enquanto, a Apple não confirma se o Vision Pro chegará ao Brasil – o Nova Post questionou a assessoria da empresa –, mas uma reportagem do portal sul-coreano The Elec mostra que talvez o produto nem saia dos Estados Unidos em 2024.

De acordo com informações da cadeia de suprimento, a Sony, empresa que produz os painéis OLEDoS usados pela Apple neste produto, só tem capacidade de produzir 900 mil unidades anualmente.

Com a expectativa de que a empresa japonesa distribua em torno de 250 mil unidades desta tela para a Apple em 2023, isso daria em torno de 1,3 milhão de painéis até o fim de 2024 – o que não parece um número alto para que a companhia faça uma expansão deste produto para outros mercados.

Mesmo com o preço proibitivo de 3.499 dólares só para começar nos Estados Unidos, a demanda do Apple Vision Pro deve esgotar as possibilidades de produção da Sony ao longo do ano, já que a empresa produzirá entre 100 a 200 mil painéis por trimestre.

Inclusive, outra reportagem do portal The Information mostra que esta tela é tão preciosa para a Apple que as unidades defeituosas não estão sendo jogadas foras, mas arrumadas pela própria empresa para garantir que não aja desperdício.

Enquanto a Sony se recusa a aumentar a produção dessa tecnologia, a Apple precisará procurar parcerias com a Samsung e a LG – que também não estão prontas para entregar exatamente o que o Vision Pro precisa.

Com isso, não só será difícil para os norte-americanos comprarem o Apple Vision Pro, como outros mercados – inclusive o brasileiro – talvez tenham que esperar até uma segunda geração do produto para, quem sabe, comprá-lo.

Mais sobre o Apple Vision Pro

Após anos de mistério, o primeiro óculos de realidade mista da Apple foi apresentado durante a WWDC 2023. De acordo com Tim Cook, presidente da empresa, o Vision Pro é o primeiro produto da Apple que você não olha para ele, mas através dele. Feito de uma peça única de vidro laminado que parece um óculos de ski, ele conta com diversas câmeras e sensores para misturar o mundo físico e o digital.

Além das duas telas micro OLED de 23 milhões de pixels que garantem que o usuário tenha uma visão realista e imersiva dos seus arredores, há também uma tela frontal para que as pessoas tenham a impressão de que quem está usando o óculos está olhando através dele.

A Apple diz que o vidro se curva suavemente ao redor do rosto do usuário enquanto o sistema modular permite um ajuste personalizado. Com uma trava feita de tecido macio, ele se flexiona para ser adaptado ao rosto da pessoa. Uma faixa tricotada prende-se na parte de trás da cabeça e garante a estabilidade necessária. Além disso, ele conta com um botão parecido com a Coroa Digital do Apple Watch para alternar entre a Realidade Aumentada e a Realidade Virtual e usa um carregador parecido com o do Apple Watch para funcionar. Uma bateria externa garante até duas horas de autonomia.

O Apple Vision Pro usa o processador M2 e um novo chip R1 que foca no processamento em tempo real das imagens através do óculos.

Leia mais:

Leia também:

Apple

The Miseducation of Lauryn Hill é considerado o maior álbum de todos os tempos pelos curadores do Apple Music. Confira o top 10.

Apple

Os novos iPads da Apple começam a partir de R$ 6.999. Confira as novidades do iPad Pro M4, iPad Air M2 e dos acessórios...