Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Nova Post
apple-entrepreneur-camp-latinos-brasileiros-nova-post

Apple

Brasileiros são destaque de novo Entrepreneur Camp lançado pela Apple

A Apple lança nesta semana a mais nova edição do seu Entrepreneur Camp. Após focar em lideranças femininas e depois na comunidade negra, a empresa de Cupertino coloca em destaque os desenvolvedores latinos para ajudá-los na criação de aplicativos.

Conforme anunciado em um comunicado para a imprensa, foram chamados lideranças e desenvolvedores de nove empresas de apps do Brasil, Estados Unidos, Guatemala e Portugal. São quatro apps brasileiros, três estadunidenses, um guatemalteco, um português e outro que mistura estadunidenses e guatemaltecos.

“Estamos muito empolgados em aumentar o impacto do Entrepreneur Camp com a adição deste novo grupo de tecnólogos latinos”, disse Lisa Jackson, vice-presidente de Meio Ambiente, Política e Iniciativas Sociais da Apple. “É uma honra apoiar esses fundadores e desenvolvedores em suas jornadas enquanto eles criam aplicativos incríveis que nos conectam, informam e nos inspiram.”

Durante este período de imersão, os desenvolvedores latinos receberão atenção especial de especialistas e engenheiros da Apple para ajudá-los a acelerar seus aplicativos. Os participantes também receberão mentoria, insights e inspiração das lideranças da empresa.

A Apple conta que ex-alunos do programa já conseguiram grandes rodadas de financiamento, conquistaram prêmios e venderam com sucesso suas empresas em grandes aquisições. Um dos participantes da edição anterior, o app BookSloth, recentemente se tornou a primeira aquisição de uma empresa de tecnologia liderada por mulheres em Porto Rico.

Conheça os brasileiros e os apps deles que participam do Entrepreneur Camp 2022

Matheus Klick, Theo Caldas e Kassio Veras são desenvolvedores do “Cuca Catch”

Cuca Catch foi desenvolvido pelos alunos graduados do Apple Developer Academy Matheus Kulick, Theo Caldas e Kassio Veras. O aplicativo usa a tecnologia para promover a cultura e o folclore brasileiro. O jogo, recém-lançado na App Store, usa o reconhecimento facial para ajudar a Cuca a criar poções. Baixe o aplicativo aqui.

Falou é um aplicativo desenvolvido por Gabriel Santos, Vitor Marques e Matheus Medina que pretende ajudar não-nativos em inglês a aprenderem a conversar de maneira mais eficiente no idioma através de uma simulação imersiva de viagem. Baixe o aplicativo aqui.

Memoria é desenvolvido pelos brasileiros estudantes do Apple Developer Academy Ana Bittencourt Vidigal, Djenifer Renata Pereira e Gustavo Kumasawa. A intenção deles é recriar a experiência afetiva de um álbum de fotos físico antigo de maneira digital. Durante o Entrepreneur Camp, eles trabalharão para transformar esse app de álbuns de fotos compartilháveis de maneira para que memórias não sejam perdidas ou esquecidas no rolo de câmera do iPhone.

Tripify é fundado por Alexandre Morgado que diz não ter conseguido achar o que precisava em aplicativos de viagem. Com isso, ele começou a desenvolver o seu próprio. Com a ajuda do desenvolvedor Thiago Imolesi, eles lançaram o Tripify, que te ajuda a planejar viagens, gerenciar despesas, registrar memórias e registrar locais visitados. Baixe o aplicativo aqui.

LEIA MAIS:

Leia também:

Análise

Veja como o Apple Fitness+ transformou um dos treinos mais chato da academia, a esteira, em uma das atividades mais proveitosas do meu dia.